sexta-feira, 15 de junho de 2018

Góticos e a Androginia

Olá minhas Ladys e Lords.

Hoje o tema é um tanto polêmico, que envolve bastante o visual e até mesmo a sexualidade de membros da nossa subcultura.

Segundo o Dicionário, ANDROGINIA é:

  1. qualidade ou característica do que é andrógino.
  2. bio m.q. HERMAFRODITISMO.
O que sabemos que em prática não é exatamente isso, já que esse é um conceito arcaico e muito generalizado não é mesmo?
A pessoa que é considerada andrógina é aquela que tem características físicas, comportamentais e visuais de ambos os sexos. O que costuma ser difícil definir a que gênero a pessoa andrógina pertence apenas por sua aparência.

Anna Varney (Sopor Aeternus)
Homens que gostam da sua androginia vão gostar de usar acessórios femininos e Mulheres normalmente utilizam adereços masculinos, visando ressaltar a dualidade. O que de forma preconceituosa, costumam dizer que pessoas andróginas sejam homossexuais ou bissexuais, o que não é verdade, uma vez que a androginia ou é um caráter do comportamento e da aparência individual de sua identidade de gênero, nada tendo a ver com a orientação sexual ou ainda com atração erótica por alguém semelhante. Assim, pessoas andróginas podem se identificar como homossexuais, heterossexuais, bissexuais, assexuais ou ainda como pansexuais, de forma livre.

Boy George (Culture Club)
Dentro da Subcultura Gótica a forma de androginia mais cultuada é a masculina, ou seja, de homens que tenham características mais femininas, por isso há um certo costume, inclusive dentre os que não são, do uso de maquiagens, esmaltes, saltos, plataformas, espartilhos, saias e outros acessórios e vestimentas mais femininas. O que surgiu em forma de oposição a sociedade machista, que simplesmente recrimina  homens com essas características. Isso infelizmente também assola a nossa subcultura, é mais disfarçado de aceitação, mas também existe, como em todos os lugares!

Tudo isso, de certa forma também trás alguns problemas pra ambos os sexos, já que muitas meninas podem cair na busca desenfreada pela beleza gótica perfeita, podendo haver um padrão, assim como é encontrado na sociedade convencional, inclusive briguinhas infantis nas redes sociais para saber quem é a gótica mais caracterizada, mais bonita, mais alguma coisa que a outra.
Isso de certa forma divide a cena e acabam trazendo problemas, que não deveriam existir no meio underground, para dentro da própria cena.

Siouxsie
Como dentro da Subcultura há uma valorização do feminino, a androgenia feminina (mulheres com aparência masculina) é completamente rejeitada, já que tem essa glamorização da beleza e da extrema feminilidade, o que faz com que góticas que saiam do padrão branquinha, dos cabelos lisos e magra, sofra preconceito, não só no meio mainstream, mas também em meio alternativo. Mulheres com aparência mais forte, mais agressiva, mais gordinha, mais enraizada, acabam sofrendo pressão também dos homens da cena, pois querendo ou não há um machismo disfarçado dentro da subcultura também, onde há essa cobrança dessas características de bonecas de porcelana intocáveis, que também é uma espécie de objetificação da mulher.
Ícones como a diva, maravilhosa, Soiuxsie Sioux, brincavam com a androgenia, o que por esse motivo sua beleza nunca foi tão citada ou enaltecida na época. Hoje com uma certa evidencia do feminismo, com as mudanças na subcultura de tempos em tempos, isso veio mudando e sua força na voz, aparência e letras, tem recebido um foco muito maior.

O que falta mesmo é que as moças dentro da subcultura parem com a obsessão pela beleza extrema inalcançável, e que os homens andróginos não liguem para as críticas do resto da sociedade e vivam como querem!



terça-feira, 5 de junho de 2018

† Resumo do mês de Maio †

Olá minhas Ladys e Lords!

Estou tentando manter o blog aos trancos e barrancos, porque sempre amei escrever aqui com toda a sinceridade não quero perder esse habito de falar de coisinhas pessoais e da Subcultura aqui nessa lindeza, que eu vivia mudando mas finalmente creio que achei a interface que queria! Mas enfim... Hoje resolvi postar um pouco de como foi o meu mês de Maio, que no fim das contas foi BEM PESADO. Tinha até alguns planos de postagem, mas infelizmente não consegui!

Apresentação de Pole Dance da miga no Teatro



No comecinho do mês minha amiga foi se apresentar, linda e maravilhosa, no Teatro Deodoro, com uma coreografia de Malévola no Pole Dance, ajudei com os acessórios, fiz os chifres da Malévola e o cajado, e dei uma ajeitadinha na máscara de corvo da dupla da minha miga. Deu um certo trabalho mas as apresentações foram lindas, sem dúvida! Só ver o Vídeo da apresentação dela aqui em baixo:



Show de Metal




Aí começou a bagaceira do Mês! Fui toda empolgada pra aproveitar que ia ter umas bandas locais legaizinhas e tals, e me bateu aquela vontade louca de beber como se não houvesse amanhã... Resultado: Passei parte da noite virando vodka pura, não aproveitei quase nada do show, vomitei, encontrei algumas pessoas conhecidas completamente bêbada, pedi um carro pro lugar errado, meu noivo que me sustentou e não lembrei de muita coisa que aconteceu no outro dia! O legal mesmo foi encontrar com as pessoas que não via a bastante tempo, e resolvi algumas coisas mal entendidas!

Apresentação de Tribal Fusion


Durante as aulas de Tribal do mês passado a professora perguntou quem topava apresentar a coreografia do ano passado, e eu como adoro aproveitar as oportunidades de dançar, falei que queria, juntamente com mais alguns amigos na minha turma e mais um da outra turma. Nos apresentamos lindamente em um Workshop de Ed. Física, e apesar das tretas, tudo saiu muito lindo!

Detalhe: A Universidade é cheia de Mato, tenho pra mim que fui picada por algum mosquito da dengue lá!

Assisti DeadPool 2



Todos os meses, marco com os amigos da escola, pra gente se encontrar na casa de um, mas esse mês resolvemos fazer diferente, o encontrinho foi no cinema e especialmente pra rir, assistindo o filme do DeadPool 2. O que dizer? Foram risos do começo ao fim, fora que as conversas entre a gente são sempre hilárias. Foi muito bom!

Detalhe 2: Nesse dia comecei a sentir os sintomas da dengue. Dores no corpo e febre!

Pegue a Maldita Dengue


Então meus amores, infelizmente essa maldita me pegou de jeito. Depois do encontro com a galera voltei pra casa do meu noivo, sentindo dores no corpo e com poucos minutos a febre  baixou nesse corpo que não te pertence mais.
No dia seguinte os sintomas pioraram e começaram a aparecer as famosas placas vermelhas e dores por trás dos olhos, daí então fui pro hospital.
Minha rotina durante essa semana e a outra era ficar de cama e hospital fazendo exame e tomando remédio pra dor que estava insuportável.

Mas finalmente estou ao menos melhor! Foram 2 semanas sem vídeo no canal, mas essa semana volta tudo ao normal com vídeo na sexta-feita às 18h00.

E é isso meus amores, eu espero que vocês tenham gostado do resuminho!


sexta-feira, 18 de maio de 2018

38 Anos sem Ian Curtis

Olá minhas Ladys e Lords!

Hoje vim com uma curiosidade pra vocês que gostam da música gótica e mais precisamente do som mais Oitentista... completa hoje 38 anos que o Vocalista da banda Joy Division tirou a própria vida. Pra nossa sorte ao menos as lembranças de seu trabalho e de sua voz peculiar ficaram até os dias de hoje.
Para os fãs que já estão cansados de saber sobre a vida do cantor o que vou postar aqui não é nenhuma novidade. Mas para os curiosos e baby bats que estão procurando informações sobre a banda e Ian, pesquisei e está aqui um pouco da história dele.


Ian Kevin Curtis foi o vocalista, compositor e guitarrista ocasional da banda Joy Division, a qual ele ajudou a formar em 1977 na cidade de Manchester, Inglaterra. Ainda muito jovem, demonstrava talento para a composição de músicas e poesia. Embora tenha se formado na King's School de Macclesfield aos 11 anos de idade, Ian nunca demonstrou interesse no sucesso acadêmico, focando seus interesses e ambições na área da indústria musical. Sua paixão pela música o levou a trabalhar numa loja de discos por um curto período de tempo. Também trabalhou como funcionário público em Manchester e, mais tarde, em Macclesfield.


Ian Curtis decidiu seu destino após assistir a uma apresentação dos Sex Pistols em 1976, onde ele se convenceu de que queria estar no palco, e não no meio do público. Ian então conheceu os jovens Bernard Sumner e Peter Hook, que estavam tentando formar uma banda, e ele se propôs a ser o vocalista e escritor das letras, e os três então firmaram o acordo.
Os três recrutaram (e rejeitaram) uma sucessão de bateristas até a decisão de aceitar Stephen Morris como o quarto membro da banda, que se chamou Warsaw por um curto período de tempo até mudar seu nome para Joy Division, em 1978, por causa de conflitos com o nome de uma outra banda: Warsaw Pact.


Durante as apresentações do Joy Division, Ian Curtis desenvolveu um estilo único de dançar, reminiscente dos ataques epiléticos dos quais sofria, algumas vezes no palco. O efeito era tal que as pessoas que estavam no público não sabiam se ele estava dançando ou tendo um ataque. Ele algumas vezes desmaiou e teve de ter atendimento médico ainda no palco, já que sua saúde sofria com a intensa rotina de apresentações dos Joy Division. 


Muitas das canções que Ian Curtis escreveu são carregadas com imagens de dor emocional, morte, violência, alienação e degeneração urbana. Tais temas recorrentes levaram os fãs e a esposa de Ian, Deborah, a acreditar que Ian escrevia sobre sua própria vida. Ian certa vez comentou a respeito numa entrevista: "Escrevo sobre as diferentes formas que diferentes pessoas lidam com certos problemas, e como essas pessoas podem se adaptar e conviver com eles".
Ian cantava com um estranho timbre baixo-barítono, o que fazia com que sua voz parecesse pertencer a alguém muito mais velho que ele realmente era. 
Ian Curtis foi fortemente influenciado pelos escritores William Burroughs, J. G. Ballard e Joseph Conrad — os títulos das canções "Interzone", "Atrocity Exhibition" e "Colony" vieram dos três autores, respectivamente. Ian também foi influenciado pelos vocalistas Jim Morrison, Lou Reed, Iggy Pop e David Bowie.


Os problemas pessoais de Ian Curtis, como o divórcio conturbado da sua esposa e um caso extra-conjugal com a jornalista belga Annik Honoré (12 de outubro de 1957 - 3 de julho de 2014), teriam contribuído para o suicídio de Ian, que se enforcou aos 23 anos de idade. De acordo com o livro Touching From A Distance, Ian ingeriu uma overdose de medicamentos para epilepsia e foi parar num hospital poucos meses antes de sua morte. Acredita-se que tal overdose tenha sido um "pedido de socorro", mas Ian disse a seus companheiros de banda que não havia ingerido uma overdose. O livro conta que Bernard Sumner levou Ian a um cemitério após sua saída do hospital, para lhe mostrar onde ele poderia ter ido parar caso a overdose tivesse sido fatal.
Na noite do dia 17 de maio, dias antes do início da primeira turnê do Joy Division nos Estados Unidos, Ian assistiu a um de seus filmes favoritos, Stroszek, de Werner Herzog, enquanto ouvia Weeping, momentos antes de se enforcar falou por telefone com Genesis P-Orridge. E nas primeiras horas da manhã do dia 18 de maio, Ian se enforcou em sua cozinha, utilizando uma corda que sustentava o varal de roupas, segundo se conta, ouvindo o disco The Idiot, primeiro lançamento do cantor norte-americano Iggy Pop. Os pontos de vista e as preferências de Ian Curtis continuam a gerar especulações sobre as reais razões pelas quais ele resolveu tirar a própria vida. Alguns dizem que ele simplesmente desejou morrer jovem. Mas o facto é que Ian já era conturbado em sua adolescência, com pensamentos e ideologias de contracultura, uma mente provavelmente já farta do mundo ao seu redor.



Ian Curtis foi cremado e as suas cinzas foram enterradas em Macclesfield, com uma lápide com a inscrição "Love Will Tear Us Apart" ("O Amor Vai Nos Separar"). O epitáfio, escolhido por sua esposa Deborah, é uma referência à canção mais conhecida do Joy Division. 
Em 2008, a polícia britânica anunciou que essa lápide foi roubada do cemitério de Macclesfield. As autoridades locais buscam testemunhas e investigam, mas, como não há câmeras de segurança no local, ainda não foi descoberto o autor. Pouco tempo depois, a lápide foi substituída. 
Até os dias de hoje, dizem que centenas de fãs ainda visitam seu túmulo para fazer uma verdadeira peregrinação em seu aniversário de morte!

E é isso meus amores eu espero que tenham gostado das informações sobre o cantor!


Informações retiradas do Wikipédia, Last.fm e Subsom

sexta-feira, 20 de abril de 2018

Estou pensando em Modificar o Quarto



Olá minhas Ladys e Lords.

Então como o próprio título da postagem já diz, estou querendo modificar meu quarto. Não necessariamente a cor, porque batalhei muito pra ter meu quartinho preto sabe, mas colocar uns desenhos, algumas coisas que remetam os Gótico Clássico, das arquiteturas e mobílias, mas também modernizar.  No fim das contas deixar ele misturadão, que é muito mais minha cara. Com morcegos, caveiras e teias de aranha desenhados, e então resolvi deixar aqui só pra constar e inspirar vocês também, caso estejam com o mesmo desejo!


É um tanto óbvio que isso aqui pode ser papel de parede ou tecido, já que está sendo bem visto e muito usado, contudo aqui onde eu moro essas coisas sei que vai ficar no sonho, ou vai ficar muito caro pra pedir pela internet, mas vocês conseguindo façam, que o resultado fica maravilhoso!


Esse adesivo de parede tá incrível, mas o meu intuito é pintar a mão mesmo algo parecido com isso, um caveira grande com algumas rosas, abaixo dos meus instrumentos e do lado da minha cama, que também estou pensando em alguns arabescos remetendo ao período Vitoriano onde as camas tinham cabeceiras enormes de madeira, mas pra modernizar e eu não quase nada, pretendo pintar.


Tenho uma parede branca no quarto no qual normalmente vocês não veem pois fica do lado oposto a cama, e minha intenção é pintar morceguinhos em volta do espelho, aprendi a fazer umas rosas de papel que quero fazer uma moldura pro espelho, na minha cabeça vai ficar lindo!
O que vocês acham? Quero dicas baratinhas, deixem nos comentários!!

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Sobre ser PlusSize e Gótica

Olá minhas Ladys e Lords.

Hoje, ainda na pegada de amor pelo próprio corpo, saiu um vídeozinho no canal sobre o tema, onde converso um pouco sobre as coisas que passei e outras que ainda passo, por estar fora dos padrões sociais de beleza, e o quanto dificulta muitas coisas sendo gótica também.
Espero que gostem!



Para os Leitores que não sabem, saem vídeos no canal do blog todas as Sextas-Feiras as 18h00, onde caso ocorra atraso aviso no Stories do Instragram!

† VISITEM O CANAL: https://www.youtube.com/channel/UC89iu9rr3NRoeKs4SCLA7Gw
† EMAIL PARA PARCERIAS: gothic.angel.girl@gmail.com

† ME SIGAM TAMBÉM NAS REDES SOCIAIS†:

Instagram: @antonielleladydark
lojinha: @witchcraftstore13
Twitter:@Nielle_LadyDark

† MÚSICA DE ABERTURA DO CANAL †:

Licensed under Creative Commons: By Attribution 4.0 International (http://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)



quinta-feira, 5 de abril de 2018

A relação com meu corpo + Projeto Plus Size Alternativo BR

Olá minhas Ladys e Lords.

Creio que todos vocês sabem o quanto é complicado falar sobre o nosso próprio corpo ou peso, afinal de contas ninguém nunca (NEVER!) está satisfeito com o coitadinho, que aguenta todas as nossas neuras, regimes loucos, apertos e olhares tortos nossos e dos outros.
É uma pena, pois devíamos olhar ele com outros olhos. 
Hoje em dia, eu me sinto bem melhor com o meu do que anos atrás. Ha um tempo eu sofria muito, chorava, me mutilava, enlouquecia e foi um dos gatilhos pra entrar em depressão, pois ouvia de todos, inclusive da família, que eu estava enorme de gorda. Isso me abalava extremamente! Não tinha ânimo pra me arrumar ou procurar alguma roupa bonita, porque nada me faria me sentir melhor. Sair de casa? Nem pensar! Era de casa pro colégio, do colégio pra casa, e quando ouvia falar em foto, simplesmente me escondia. 
Hoje, com 95kg, me sinto bem melhor do que a uns anos atrás, pratico esportes (Jiujitsu), faço Dança Tribal (Fusion e Brasil) e aprendi muito a me observar de outra forma! Que tal alguns exercícios pra melhorar sua relação com o próprio corpo?



† Se olhe NU(A) na frente do espelho:

É isso mesmo que vocês leram, se olhar Nu(a) na frente do espelho, esse foi um método bastante complicado pra mim no início, mas ao mesmo tempo o que mais me ajudou!
Quando fazia isso eu não conseguia ver nada além de defeitos e deformidades, daí então, só conseguia chorar e sentir raiva de como estava e de como sempre fui, pois nunca fui magra. Mas todo esse choro me fez descarregar toda raiva e ódio do meu corpitxo, e aos poucos eu simplesmente fui enxergando várias coisas que gostava e coisas que odiava e que passei a gostar

† Evite dietas malucas:

Essas dietas da moda, cheias de jejum, de restrições, de suplementos, podem causar uma problema de saúde mais sério, ou piorar algum que vocês já tenham, Por isso a melhor forma é não fazer dieta, e se quiser fazer procurar uma nutricionista ou endocrinologista pra auxiliar seja numa reeducação ou restrição! Passei por maus bocados, chegando a desmaiar diversas vezes com essas loucuras!

†O corpo é seu!:

 Se você não consegue emagrecer muitas vezes é porque seu problema não é só comida, você pode ter algum problema de saúde e essas pessoas não vão saber disso, muitas vão acabar sendo cruéis mesmo. Procurem um médico pra tratar da saúde, contudo sem paranóias porque fulaninha disse isso ou aquilo sobre seu corpo. Ele é seu e ninguém tem nada haver com o formato, tamanho, cor, marca ou qualquer coisa que diga respeito a isso.

† Seja debochado(a):

Quando você finalmente perceber que ninguém tem nada haver com seu corpo, simplesmente perca o medo por completo de responder a altura. As crueldades que o ser humano é capaz de dizer pra ver o outro tão mal quanto ele mesmo, são inúmeras.
Vai doer? Com certeza, normalmente você vai ter vontade de chorar e sumir, mas NÃO FAÇA ISSO.
Quem te fez esse mal merece uma resposta a altura, nesse caso, ser grosseiro (a) vai te fazer extravasar e liga o famoso FODA-SE pra quem estiver preocupado com o corpo que você tem ou deixa de ter!
ex: “Bom dia, linda. Tem certeza que você é cristã? Fui no seu perfil e fiquei chocada, porque essa sua raiva matinal não é de Deus. Procura um pastor ou uma pic*!!!” (Resposta de Preta Gil, a um comentário de internauta ao chamar ela de gorda.)

† Procure ser feliz como é!:


Meu nome é Antonielle Ferreira, tenho 26 anos, moro em Maceió -AL, nordestina arretada. Tenho um blog e um canal no qual falo um pouco sobre minha opinião dentro da Subcultura Gótica, assim como moda, um pouco sobre moda alternativa, bruxaria, nerdices dentre outras coisas a mais. 
Sou dançarina do Ventre e de Tribal, luto Jiujitsu a 1 ano e superei muitos problemas que tinha com meu corpo. Meu estilo é um misto de Gótico, headbanger, punk e nerd, mas sempre procuro me vestir com aquilo que faz eu me sentir bem. 
Desde pequena sempre ouvi muitas pessoas dizendo que mulheres gordas não deviam usar roupas justas, ou curtas, pois desvalorizavam seu corpo... Hoje eu discordo, acho sexy e lindo se amar como é e vestir aquilo que acha bonito e é isso que faço, independente de reclamarem da minha barriga de fora, das pernas muito grossas aparecendo, ou dos seios muito fartos. 
Estou a cada dia aprendendo a gostar das minhas curvas e a vesti-las do meu modo! 
Ainda passo por discriminações no blog, canal, perfil do facebook, mas as pessoas maravilhosas que conheci ao longo dos anos tem me ajudado muito a superar cada obstáculo e a me amar muito mais.

Esse textinho ai em cima, fiz para o projetinho da linda da Rafaela do blog/canal Vultus Persefone, chamado de Plus Size Alternativo do BR, que ela começou a fazer por se irritar com o Pinterest, que não mostram tantos looks para mulheres gordas góticas/alternativas, e o intuito era trazer mulheres reais do face/instagram dela para mostrar para as leitoras que é possível ser alternativa, gorda e estilosa aqui no Brasil também, sem passar vexame. E deu super certo! O projeto ta lindo e recomendo muito que vão visitar e ver as lindezas que estão lá, inclusive euzinha aqui!



quinta-feira, 29 de março de 2018

Depressão



Quando nos deparamos com a vida real em nossa frente
só bate o desanimo em meio as dores
sentidas pela mente e pelo corpo.
Pessoas tripudiam em cima de sua desgraça
e esquece que já existiu um ser humano ali
naquele resto de carne podre
pisada, escurraçada, fétida
completamente denegrida aos olhos destas
que jamais se interessaram em ao menos saber o que passa.

Apesar de tudo aquele resto ainda se levanta
tenta recolher os mínimos pedaços
mas depois que tudo se despedaça, as feridas são profundas
e cicatrizes abertas ainda permanecerão.
O único meio de se proteger é rezar
para que nenhum ser inferior chegue para abrir as que começaram a fechar
ou dar lugar a novas feridas onde estava sem lesão.

É dificil se manter em pé
Quando o outro apenas se aproxima para tentar te derrubar
e te fazer sentir toda aquela solidão
que nunca mais fez esse corpo tremer

Infelizmente quando se olha para os lados
em busca de ajuda e dos  poucos amigos
só se encontram rostos virados
quando só se queria uma abraço e uma palavra pra afastar o medo
que tomou conta e quer ali fazer abrigo
e assim permanecer
te fazendo definhar e esmaecer
pedaço a pedaço

Não há remédio que melhore,
não a cura pra algo que sua mente nutre
e ainda faz com que se sinta um lixo inútil.
Há apenas a distração,
o desabafo,
e o tentar aliviar todos os pensamentos ruins,
antes que a morte abrace
e assim liberte.

por: Antonielle Ferreira †Lady Dark's†





sexta-feira, 16 de março de 2018

Mude o Look - Colab Alternativa

Olá minhas Ladys e Lords.

Essa postagem era pra ter saído em Fevereiro, mas como fiquei sem o notebook, não tive como editar vídeo ou postagem, mas mesmo assim tá valendo.
O tema de hoje, consiste em mudar um look básico, para um mais alternativo, apenas usando acessórios, e olha, eu gostei bastante do resultado do meu look.


Resolvi montar um Look básico pensando em poder usar até pra ir trabalhar e de lá modificar com poucas coisas pra sair para algum show, balada ou barzinho. Essa saia é muito antiga, era da minha mãe, que não queria mais e resolvi ficar pra mim porque achava ela muito linda, e a sapatilha é da Moleca, tem alguns penduricalhos fofos que costumava usar pro trabalho por ser bastante confortável.
A gora vamos aos acessórios que acrescentei né?!

Cinto comprado em Loja chigling por R$ 5,00

Coleira comprada na Loja Sarah Roten na promoção

Coturno VilelaBoots que comprei a uns bons anos atrás
Com esses Acessórios consegui transformar um Look legal pra ir do trabalho ou um canto que exija mais formalidade, em um mais despojado, trevoso e pronto pra balada. Acrescentei ainda uma corrente com um Ank e mudei o Batom de Nude para um Vermelhão clássico mas nada básico.



E depois desse resultado que to apaixonada e louca pra arrumar um show ou balada pra usá-lo, fiz um videozinho que está lá no canal pronto para ser assistido!



Espero que tenham gostado e até a próxima postagem!

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Novas Tendências na moda Gótica. O que eu usaria, e o que não usaria? #desafioaltgoth

Olá minhas Ladys e Lords, tentei mudar de plataforma mas infelizmente tá dificil de me adaptar então resolvi voltar ao Blogger e resolvi retomar o desfio que tinha começado criado pela Giovana Mattos do Blog This is My World. Sabemos que a moda Gótica se renova, a cada ano que passa novas tendências são lançadas. Enquanto umas eu usaria pela eternidade de tão maravilhosas que são, outras, cá entre nós, jamais teria libertado da cabeça do louco que lançou! Muitas nem tem haver com o estilo em si, e chagam até desmoralizar o nome da Subcultura, mas enfim, vamos as tendências. 

 1- AMARRAÇÕES EM ROUPAS E SAPATOS 


As amarrações são encontradas com mais frequência em Corsets e Corselets muito usado por mulheres e também homens dentro da subcultura, assim como os homens que preferem um estilo mais Vitoriano também encontrará em suas blusas com uma certa frequência. A novidade é que essas mesmas amarrações estão se propagando em roupas mais formais e em sandálias de salto, trazendo à sofisticação um pouco mais de "agressividade", em roupas que EU USARIA com muita facilidade pra ir ao trabalho com muito estilo! 

 2- BABADOS DA CABEÇA AOS PÉS






















Bom, o uso dos babados é bem frequente nos estilos mais vitorianos, medievais e românticos na tentativa de romantizar e suavizar um pouco aquela vestimenta, contudo a moda começou a exagerar demais e os babados foram tomando formas, tamanhos e quantidades cada vez maiores, deixando algumas roupas até mesmo com o aspecto de roupa de "palhaço". Da forma que surgiu nessa nova tendência eu com certeza NÃO USARIA, nem a pau! 


3- STRAPPY BRA E ARREIOS


Com o surgimento da moda do Strappy Bra, ou sutiãs com tiras a mais formando desenhos, dando um UP no visual, surgiu também os arreios, que de certa forma no meio fetishista era frequente, contudo de um tempo pra cá se espalhou bastante no meio da subcultura, se tornando o queridinho de homens e mulheres e com certeza o meu também. EU USARIA eu! 


 4- TRANSPARÊNCIAS COM CAÇOULA DE VOVÓ 



Gente, tá a maior moda dessa coisa de usar uma roupa inteira de renda ou transparente com umas caçoulas terríveis, não apenas na "moda gótica", mas no geral mesmo. O uso das transparências dessa forma surgiu no meio fetishista, não dessa forma atual, e hoje está sendo visto com bastante frequência na mainstream. Da forma que estão usando eu NÃO USARIA, contudo se no lugar dessas caçoula fosse um shortinho um tiquinho maior, talvez eu gostasse um pouco mais! 


 5- CHAPÉU FLOPPY ESTILO WITCHY 


O uso desse chapéu ganhou notoriedade na moda com o aparecimento do estilo Boho Witch. No meio alternativo foi tomando espaço com as góticas e a paixão pelo stregga e o lado mais bruxinha e ocultista que muitas tem. É a coisa mais fofa da vida, porque além de não tirar a trevosidade me ajudaria super com o sol, que aqui em Maceió-AL é de rachar, principalmente nesse verão! Com certeza EU USARIA. 


 6- A TENDÊNCIA DO "GÓTICO SUAVE" 



Primeiramente sabemos perfeitamente que esse estilo de gótico não existe dentro da subcultura, é totalmente e apenas ligado a visual, que sinceramente JAMAIS USARIA, muitas misturas e muitas combinações que pra mim não se encaixam, mas há quem goste né? Falei um pouco sobre essa situação do termo sendo usado com frequência por pessoas que não conhecem a subcultura no vídeo abaixo. Se ainda não conhecem o canal é só clicar AQUI.


Espero que tenham gostado e até a próxima postagem!


domingo, 17 de setembro de 2017

10 Coisas pelas quais Sou Grata #UniversoAlternativo

Olá minhas Ladys e Lords

Como sabem, todo dia 15 tem postagem coletiva do Projeto de Escrita mensal do Grupo Universo Alternativo que a Jaque do blog 4sphixy4, e mais uma vez, como estão vendo a postagem está atrasada, por motivos pessoais, mas está aqui! E esse tema eu achei muito fofo, até porque é uma coisa que tento praticar sempre e trabalhar principalmente no meu lado espiritual! Vai ser bom pra trabalhar a mente aqui também!



01. Minha vida

Pra alguns é insignificante, mas é algo muito precioso! Todos os dias ao dormir e levantar Agradeço aos deuses por estar viva e esperando estar por muito tempo. Mesmo tendo passado por muita coisa ruim e continuando, se eu não estivesse viva eu estaria morta! kkkkk #brinks

02. Minha Família

Poxa, minha família hoje em dia está pequena, mas aos que passaram por ela e por quem está ao meu lado todos os dias ouvindo minhas chatices, aborrecimentos e minhas besteiras, me trouxeram a esse plano e formaram meu caráter pra ser quem sou hoje!

03. Saúde

Ultimamente minha saúde não está tão lá essas coisas todas não, (por esse motivo estou um tantinho afastada do blog) mas ainda assim ela está me sustentando física e psicologicamente (mais ou menos) e isso é o bastante pra continuar seguindo com tudo que almejo e gosto de fazer!

04. Meus amigos 

São meus amores pra vida toda! Quem me conhece sabe, gosto de uma boa e velha amizade, isso quando é recíproca. Meus amigos sempre se mostram interessados e preocupados em relação a minha pessoa e sempre procuro retribuir da mesma forma com muito carinho, conselhos e amor. sejam os cybers que me procuram pra conversar e desabafar, ou os que convivem com frequência comigo. Isso já se tornou amor incondicional!

05. Estudos

Sim! Meus estudos, sem eles hoje não teria absorvido tanta coisa e formado minha personalidade e opiniões que tenho hoje. Todos sabemos que no país em que vivemos e nas condições que a maioria da nossa população vive, estudar é um privilégio e esse eu tive!

06. Dança e a reconstrução da minha Auto-estima

Bom, quem me conhece hoje talvez não saiba, mas a alguns bons anos, antes de conhecer a dança do ventre, eu praticamente não tinha auto estima, e quando conheci a dança isso aos poucos foi sendo reconstruído e melhorado!

07. Música

Num período complicado da minha vida a música me ajudou bastante, na inspiração e na superação da  maioria dos problemas. Ouvir o que gosta e aprender a tocar num instrumento que admira é uma das melhores sensações do universo!

08. Luta

A luta tem sido fundamental nos problemas que tenho enfrentado recentemente. E quando falo de luta falo no sentido da luta diária contra cada obstáculo que tem surgido, como também referente ao Jiujitsu, que tem me ajudado a superar os maus pensamentos, a energia negativa e ajudado a me reequilibrar e adquirir forças de onde não estava encontrando mais!

09. Aprendizado e conhecimento adquirido

Com as dificuldades, os acertos e oportunidades que nos são dados na vida, vem o aprendizado e o conhecimento, cada coisa que acontece comigo eu considero como uma oportunidade de aprender, e esse aprendizado de 25 anos é tudo o que tenho e não podem me arrancar!

10. Meu blog e canal

Gente, sim eu sou grata por meu blog, que me ajudou muito a superar a depressão na época que tive a primeira crise, e isso me rendeu alguns textos, poesias, e bons amigos virtuais. Hoje com o canal crescendo, não esperava que chegasse a ter a quantidade de seguidores que tem hoje e aos poucos tem crescido cada dia mais!

Sou grata por tudo isso e por vocês estarem aqui lendo isso. Espero que tenham gostado


Até a próxima postagem


Blogs Participantes: A guria de Moletom | 4sphyxia

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

MakeUp | Olhão Azul degradê

Olá minhas Ladys e Lords,

Hoje saiu vídeo novo no canal com uma maquiagem azul, que sinceramente não esperava que desse certo, mas depois do resultado eu fiquei morrendo de perna de tirar. A make é bem básica, tipo pra ir ali na padaria! kkkk
Quem ainda não se inscreveu lá, SE INSCREVA e ATIVE AS NOTIFICAÇÕES pra receber os vídeos novos! Aposto que vão gostar do conteúdo já que gostam do blog também! 


Materiais usados:

Pele:
Base Triplo benefício Jequiti (médio)
Base corretivo 3 em 1 Natura Aquarela(beje médio - corretivo)
Pó compacto Natura Aquarela (beje natural)
Pó compacto Vivai (escuro-contorno)

Olho:
DuoCake Vult Branco
Azul escuro paleta 120 cores
Azul celeste paleta 120 cores
Azul bebê paleta 120 cores
Preto fosco paleta 120 cores
Delineador liquido preto Luisance
Lápis de olho preto Natura Una
Rímel preto Natura Una 2 em 1

Boca:
Balm Níveal (Menta)
Batom líquido Matte Preto Metálico Ricosti

Agora deixo com vocês o Tutorial, espero que gostem!


Até a próxima postagem

Góticos e a Androginia

Olá minhas Ladys e Lords. Hoje o tema é um tanto polêmico, que envolve bastante o visual e até mesmo a sexualidade de membros da ...