quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Desabafo e Crises


Olá minhas Ladys e Lords...
Então como vocês que ainda vem aqui dar uma olhadinha no meu blog, o que agradeço imensamente, mesmo não atualizando muito, hoje estou meio que precisando disso.

Como alguns de vocês já sabem, fui diagnosticada com TAG a muito e incio de Depressão (novamente) a pouco tempo, e estou numa espécie de batalha diária pra não cair de uma vez só.
Tem sido bem complicado, não dá vontade de levantar da cama, de tomar banho, de fazer porcaria nenhuma, mas por já me sentir um NADA, ultimamente, me forço ao extremo pra levantar, forrar a cama, e fazer os afazeres domésticos, além de tentar fazer outras coisas pra poder entrar algum dinheiro, já que estou também desempregada, minha rendinha mínima tem vindo da minha lojinha no instagram (@bruxadosnos) e dos cafés cremosos que vendo na minha cidade (@creamycoffee_mcz). O que de certa forma é bom, porque tem ocupado minha mente, com os artesanatos e trabalhos manuais, mas está sendo bem complicado me animar pra fazer os vídeos do canal certinho, pra sair na hora e dia certinhos, como deveria!

Para quem não sabe bem, o intuito inicial de criar esse blog, foi justamente pra fugir de uma depressão que tive a alguns bons aninhos atrás, desabafando com poesias, textos e outras coisinhas. E hoje me acordei um tanto determinada a voltar a fazer isso com o blog novamente, voltar a ser um dos meus escapes, fazendo uma espécie de Diário, e de Criação dos meus Poemas, que fazia pra soltar as coisas que estava sentindo.
É logico que não tenho certeza da frequência dessas postagens, porque tudo vai depender bastante de como eu estiver, mas pretendo fazer isso pelo menos uma vez por semana pra fazer uma espécie de resumo do que passei na semana, e de como eu me senti.

Espero que não desistam de mim, pois está sendo complicado, tanto postar aqui, quanto fazer os vídeos pro canal, mas estou me esforçando bastante, tenham certeza disso, e faço tudo isso por carinho a cada pessoinha que me segue... Vocês não imaginam quanto um comentário aqui, ou nos vídeos do YouTube me incentivam a ter força e continuar fazendo isso aqui, porque, se dependesse de mim, passando por essas doenças infernais eu acho que já teria desistido de TUDO.

Agradeço aos Leitores Fieis e aos Novos que estejam interessado no que tenho pra trazer!








segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Não é Gótico mas eu gosto!

Olá minhas Ladys e Lords!

Hoje resolvi confessar as coisas que eu gosto e não tem nada haver com o estilo ou a subcultura gótica. Acho até que tem muita gente por aí que esconde esses gostos por vergonha, só pra dizer que é o mauzão do rolê. Isso é muito feio coleguinha! Vamos ser autênticos e assumir aquilo que faz parte de nossa peculiaridade?

1- Batida, Dança e Cultura Afro/Indígena

Musi Woman – Moises Gomes
Então gente, eu nesse caso sou uma dançarina apaixonada incorrigível. Se tiver batuque, de tambores africanos ou indígenas, letras que remetam as divindades, os cabelos, turbantes, pinturas, a cultura, os mistérios, tudo que me remete a essas culturas me transmite algo de alma mesmo, uma conexão incrível que não tenho como explicar! Só sei que amo, e mesmo que eu esteja de coturno e toda montada, se eu ouvir um batuque, com certeza essa conexão e instantânea e eu vou querer dançar, ou então vou querer agregar um pouco da cultura as minhas vestes, então os cachos eu não aliso, vai ter algumas penas, búzios ou algumas figuras que represente sim!

2- Música Pop dos 80's e 90's e Algumas Atuais


Cara, muita gente olha pra minha cara montada, séria, e mal imagina que se tocar Cher, Cyndi Lauper ou Madonna eu vou me acabar de cantar e dançar, porque eu realmente adoro... Mas tem pop mais atual que também meche demais com esse corpitcho não é Dona Monster Lady Gaga kkkk, adoroooo!

3- Forrós Antigos


Qual Nordestino dos anos 80 e 90 que não cresceu ouvindo clássicos do Metal transformados em grandes música de forró, de bandas como Calcinha Preta, Limão com Mel, Gatinha Manhosa... kkkkk rindo de nervoso, mas é verdade gente, muitos embalaram meus sonos de criança e depois conheci as versões originais, o que me levou a gostar muito de Heavy Metal! 

#osmetaleiropira



4- Heavy Metal e Hard Rock


O Heavy Metal, surgiu na minha vida, ainda quando pequena, quando escutava alguns programas de Rádio que passavam as baladinhas mais românticas, com letras tristes, ou melosas, e no inicio da adolescência com os Cd's Love Metal kkkk que cá entre nós tinha mais Hard que Metal, mas enfim... Foi nessa época que o Hard Rock também entrou na minha vida, muito pouco, mas já gostava de algumas bandas como Kiss, AeroSmith e AC/DC. Mas digamos que de 6 anos pra cá, entrou mais ainda, devido ao meu noivo kkkk. Sim ele curte muito Hard e Glam, e isso me fez conhecer outras bandas e gostar de outras musicas a mais!

5- Sou uma "Geekótica"


Eu falo assim na resenha, mas só pra chamar atenção mesmo. O que quero dizer com isso, é que, muitos Góticos tem preconceito com eventos de cultura pop e Geeks, Otakus e Nerds, enfim... Eu frequento a muito tempo eventos de Cultura Pop, e além de amar, quadrinhos, Mangás, Animes e Jogos, nesse ponto sempre me considerei meio Geek/Nerd/Otaku, sei lá, bem misturada mesmo, e gosto de ser, agir e andar com pessoas do mesmo gosto. Lógico que tem muito além do que só quadrinhos e jogos, e pode ter certeza, em boa parte me enquadro também e gosto disso!

Essas foram apenas 5 confissões, e tem muito mais de onde estas vieram, poque meus gostos são peculiares e meio loucos sim, porque sou dessas! Querem mais? Deixem nos Comentários!



quinta-feira, 20 de setembro de 2018

TAG: Me conhecendo Melhor | #colabalternativo



Olá minhas Ladys e Lords!

Estamos com mais uma postagemzinha do Colab Alternativo que sai no CANAL Lady Dark's nos dias 20 de cada mês às 20h00. E dessa vez estamos respondendo uma TAG para nosso seguidores e inscritos nos conhecer melhor!

PERGUNTAS:

1- Como define seu Estilo?
2- Quais foram seus estilos antes de chegar a este?
3- Qual estilo de música mais gosta de ouvir? Indique uma banda.
4- Um estilo musical que você gosta e que ninguém desconfia...
5- Um momento marcante na sua vida...
6- Um medo...
7- Um arrependimento
8- Daqui a 5 anos, como imagina sua vida nos aspectos profissional, amoroso e pessoal?

MINHAS RESPOSTAS:


Essas perguntas foram boladas no grupo do Whatsapp do Colab, então caso queiram responder deem créditos ao grupo por favor!
Espero que tenham gostado da TAGzinha!


sexta-feira, 14 de setembro de 2018

Maquiagem CutCrease Roxo



Olá minhas Ladys e Lords!

Já faz um tempinho que não venho trazer um tutorial de maquiagem pra vocês aqui no blog, não é verdade? Esse eu fiz inspirado numa foto que vi no Instagram de uma moça muito linda, que esqueci o nome e o "@" dela pra deixar aqui pra vocês. Moça linda se estiver vendo essa postagem se pronuncie, please!


Enfim, eu usei basicamente sombra Roxa, Preta e corretivo pra potencializar as sombras que tenho. Como delineador achei melhor usar o DuoCake da Vult, por me dar mais precisão na hora de aplicar o produto e por durar bastante nos olhos sem me incomodar. Na pele o basicão de base e corretivo da minha cor, um pó compacto pra matizar e selar os produtos, e um pó mais escuro pra fazer o contorno que pra mim facilita e muiiiito, já q me falta dinheiro pra uma paleta de contorno decente! kkk

E o resultado da Maquiagem foi esse aqui:


Agora se quiserem ver passo a passo como fiz essa maquiagem linda do amor, saiu vídeo Tutorial lá no CANAL, exatamente AGORA! Clica no Vídeo ai em baixo e não esquece de SE INSCREVER pra me ajudar né amores?


Bom eu espero que vocês tenham conseguido acompanha e que tenham gostado do resultado tanto quanto eu!



sexta-feira, 7 de setembro de 2018

Góticos x Conservadorismo Político + Pedido de Desculpas

Olá minhas Ladys e Lords!

Bom, pelo título já devem saber que o tema de hoje será política, enfim... Hoje mais cedo havia saído um vídeo meu, lá no canal, no qual eu abordei esse tema, mas pra mim é um tanto complicado falar sobre política, não gosto muito devido as tretas, e muitas vezes acabo extrapolando nas expressões que uso. 


Algumas pessoas se sentiram um tanto incomodadas pela forma que me portei no vídeo, realmente minha atitude, ao analisar direitinho foi um tanto separatista e desrespeitosa! Apesar de ter meus pensamentos, ideologias, e me considerar uma apolítica com uma inclinação pro lado esquerdista, em nenhum momento deveria utilizar palavras tão duras, como usei, pareci uma esquerdista extremista, foi feio, kkkk (rindo de nervoso).
Bom, vamos ser mais coerentes e procurar um pouquinho mais antes de falar em vídeos com a temática tão polêmica não é verdade? Então vamos TENTAR corrigir o erro gigantesco?

A subcultura gótica em si, apesar de ter como uma de suas influências o Punk, que tinha como visão política o Anarquismo, é APOLÍTICA, ou seja não é política, que não se interessa por política ou por ela tem aversão. Dando assim, uma certa liberdade de escolha e de visão para seus membros.
Contudo a subcultura vive em constante busca e luta pro Evolução, Aceitação e o mínimo de respeito ao que se é considerado "diferente ou avesso" aos costumes que a sociedade nos impõem!

E o que tem de Ambíguo em um Gótico apoiar o Conservadorismo? Vamos ao Dicionário que é a melhor forma de explicar o que eu não consegui em palavras ditas:


Bom, a partir do momento que se busca mudanças, movimento, progresso em aceitação de minorias, subcultura underground nenhuma, deveria apoiar partido, pensamento, candidato que tenha isso como ideal (SEJA ELE DE DIREITA OU ESQUERDA).
Lógico que qualquer visão política de forma extremista - seja pela esquerda, direita, anarquista... - cria uma sociedade potencialmente doente, inclinada a ações pesadas, prejudicando a população, ao invés de ajudar. Foi assim que houve a propagação do Nazismo, que era de extrema esquerda política, não é verdade?

Vocês NÃO SÃO OBRIGADOS, a escolherem uma ideologia esquerdista, anarquista ou qualquer outra coisa, de forma alguma, contudo, pelo fato de estarem conhecendo a subcultura, e muitas vezes quererem entender quais seriam essas ideologias, não custa informa a situação a vocês. 
Querem se inclinar para o conservadorismo porque foram criados e concordam com o que é pregado, é um direito de vocês, mas ao menos as informações sobre as ideologias da subcultura vocês saberão!

Cheguei a concordar com algo que um colega falou, e acabou soando um tanto extremista de minha parte... " Ser de direita conservadora te faz menos gótico, e alguém que pensa assim deveria ser banido da subcultura!" O fato de EU não concordar com as visões conservadoras não pode desmerecer seu apreço, admiração e identificação com a subcultura, contudo deve ser lembrando que nela nem tudo é só visual e música né? Tem coisas além do que costuma ser falado com frequência, e que só abordando temas desse cunho polêmico, que será realmente compreendido. Dessa forma, por palavras, duras, grosseiras e extremas a esse ponto, VENHO PEDIR MIL DESCULPAS a meus leitores, seguidores do canal que se ofenderam, e o vídeo com o tema será novamente postado com as reedições feitas de forma correta! Sou uma pessoa que costumo reconhecer meus erros e fico péssima em ofender alguém aparentando ser de forma gratuita e sem motivos.
Agradeço de coração a todos que leram a postagem!



terça-feira, 4 de setembro de 2018

Vamos falar de Bruxaria (Wicca)?

Olá minhas Ladys e Lords!

Os seguidores mais assíduos e quem realmente me conhece bem, sabe que eu sou Bruxa a pelos menos uns 15 anos, e alguns leitores pediram pra postar um tiquinho mais sobre a religião em si, e tudo mais... Vou dar uma introduçãozinha básica, porque vocês encontram muito mais coisas detalhadas em livros e outros sites especializados e vou falar um pouco da minha experiência com a Religião da Deusa.

O QUE É A WICCA?


Então gente, sendo mais técnica a Wicca, ou Bruxaria Moderna, é uma religião neo pagã politeísta baseada em rituais pagãos antigos, e também pode ser chamada de bruxaria. As crenças wiccanas fazem parte do neopaganismo, onde se enquadram os grupos que  creditam em crenças europeias anteriores ao cristianismo, como por exemplo, a religião celta. 
O nome Wicca teria origem no inglês antigo, e seu significado representa o homem que  bruxaria. Enquanto que wicce é a palavra no feminino para identificar a mulher que tem as  mesmas crenças e práticas. O termo bruxaria em inglês é witchcraft, e modernamente as bruxas são identificadas como witch e os bruxos, wizards.

A religião Wicca, veio a público em 1951, através de um antropólogo e ocultista inglês chamado Gerald Brousseau Gardner. Este, após anos de viagens pela Europa e Ásia menor, retornou para a Inglaterra, e teve contato com um grupo de pessoas que praticavam algo que ele reconheceu como sendo bruxaria. Não a bruxaria a qual estamos acostumados em filmes e desenhos animados, mas, a bruxaria real; um emaranhado de práticas, crenças e cultos que fazem parte dos mais diferentes povos desde a antiguidade.


Unindo os conhecimentos de história, folclore, filosofia e magia que possuía, a um desejo verdadeiro de estruturar aquelas práticas e crenças as quais teve acesso, Gardner, deu o primeiro passo para o ressurgimento da bruxaria como um contexto religioso real, válido, ancestral e que - diferente do que as igrejas cristãs propagavam -, não possuía inclinação ao mal, tampouco era uma fé destrutiva ou vã. Correspondia a uma grande herança da humanidade, devido a sua riqueza, variedade e conhecimento.
Obviamente o que Gardner recriou não é e nem nunca será, algo que represente em totalidade e precisão tudo aquilo que pode ser considerado como bruxaria, mas a religião originada por seus ensinamentos é sem dúvida uma peça extremamente importante, adequada e representativa da bruxaria em suas várias nuances. Com isso ele favoreceu também o ressurgimento no ocidente das doutrinas religiosas com foco na terra e de inclinação matriarcal ou igualitária, ditas pagãs.


Seus cultos são basicamente dualista, que crê tradicionalmente na Deusa Tríplice e no Deus Cornífero, ou religião matriarcal de adoração à Deusa Mãe. Estas duas deidades são muitas vezes vistas como faces de uma divindade panteísta maior, ou que se manifestam como várias divindades. A Wicca também envolve a prática ritual da magia, em grande parte influenciada pela magia cerimonial do passado, embora não seja uma regra.
Embora algumas tradições adorem o Deus celta Cernunus, símbolo da virilidade masculina, e por vezes seja confundida com satanismo, os wiccanos não creem em Lúcifer ou Satanás, pois as considerarem entidades exclusivamente cristãs.

PORQUE "ESCOLHI" A BRUXARIA?

Depois dessa breve introdução beeeeem básica, creio que deu pra entender um tiquinho da Wicca né? 
Então vamos as questões mais pessoais... Eu fui criada em uma família cristã tradicional, talvez não tão praticante em meio ao Catolicismo Apostólico Romano, mas ainda assim cristã. Cheguei ainda a estudar e fazer catecismo, contudo no meio dos estudos já na me sentia mais pertencente aquilo tudo, muita coisa dúbia, sem sentido, coisas que achava estranho ao estudar a bíblia, enfim, conheci a Wicca nesse período que tinha meus 11 anos de idade, mas como uma criança não tem tanto querer, fiz a vontade de meus pais, obvio, e fiz a primeira comunhão. Com o passar do tempo fui me aprofundando nos estudos de bruxaria e deixei de lado a igreja Católica, mesmo estudando em um colégio de freiras, fui iniciada na bruxaria aos 15 anos, mas ainda assim fui meio que "obrigada" a fazer a Crisma, que é uma espécie de afirmação no cristianismo. É lógico que não me senti nada bem com a cerimonia, não é bom fazer essas coisas se não está realmente aberto para isso, mas tive que fazer né?


No fim das contas depois de todas essas coisas fui me aprofundando na Wicca, nunca fiz um curso, mas tudo o que podia ler eu lia, e minha ligação com os Deuses foram ficando mais fortes. Hoje não me vejo em outra Religião, e sinceramente, SOU MUITO GRATA POR ISSO.
Minha família hoje sabe da bruxaria, o que foi um tanto complicada a aceitação no começo, mas quado perceberam que não fazia nada para trazer o mal pra dentro de casa e sim o bem, proteção, prosperidade e muito amor, as coisas ficaram mais tranquilas.

Hoje, apesar de ser inciada na Wicca, não sei se posso ser chamada em Wiccan em si. Eu me vejo apenas como bruxa, pois não sigo os dogmas da Wicca a risca, eu vou muito pelo meu tato, meu sentir, e pelo o que os Deuses me pedem naquele momento, mas indico a todos que querem iniciar na bruxaria, livros relacionados a religião da Deusa pra depois seguir outros sistemas magikos.
Com o passar do tempo já li de tudo um pouco, Thelema, Goétia, Vampyrismo, Magia do Caos que hoje eu tenho me interessado bastante, mas por enquanto apenas a Bruxaria Tradicional e a Wicca me trazem algo mais forte, como se fosse algo de alma, mais antigo entendem? Costumo até brincas as vezes que, Não foi eu que escolhi a bruxaria, e sim ela que me escolheu, de vidas passadas!

Falei um pouco mais sobre minhas experiência na Wicca nesse vídeo que saiu ano passado lá no Canal:


Se ainda não são inscritos, SE INSCREVAM LÁ NO CANAL, que sai vídeo todas as sextas feiras, 13h00 e todos os dias 20 de cada mês com o Colab Alternativo às 20h00...Fiquei MUITO FELIZ com a recepção do vídeo quando ele saiu e espero que vocês também gostem da postagem.

Querem que eu fale mais o que relacionado a bruxaria? Deixem nos comentários!



Fontes: Wikipédia | Surgimento da Religião Wicca 

sexta-feira, 31 de agosto de 2018

† OOTD: Ladys Outfit | Moda Gótica† (Fetish Goth)

Olá minhas Ladys e Lords!

Há um bom tempo, venho pensando em trazer esse quadro aqui pro blog, ao menos uma vez por mês, com looks pertencentes às vertentes da moda gótica, com peças que costumo usar no meu dia a dia, adaptar pra cada estilo sabe? Fiquei com medo de falhar lindamente, e exitei muito em fazer devidos aos probleminhas básicos que tinha comentado na postagem anterior, mas recebi muito incentivo de seguidores, migas blogueiras e das pessoas que me amam, enfim, resolvi fazer e ousar! Comecei logo com um que acho muito lindo e difícil de adaptar, que é o Fetish Goth.

Fetish Goth

Desculpem a qualidade das fotos
Nada mais é tão sensual e fetishista quanto o couro, o cirrê e roupas que valorizem nas curvas. Um tubinho preto, mais coladinho, com detalhes que remetam couro sempre dão um toque a mais de poder no look.




A pele a amostra trás sempre a sensualidade, seja por uma roupa mais curta, ou por um decote mais, a amostra, devendo sempre tomar cuidado pra não abusar demais em determinadas ocasiões. Não se deve confundir a sensualidade do Fetishismo com vulgaridade! Leggin de Cirrê, uma blusinha transparente e um sutiã mais ousado dá um toque de pele a amostra, mas dependendo da ocasião fechando mais a blusa da pra ter um look mais reservado e sexy!








O uso de Coturnos e do salto alto para as mulheres traz em si a força, a superioridade e a feminilidade com força total, deixando os looks ousados, além de alternativos!


Abusar das coleiras, arreios, arrastão e rasgados pra trazer esse clima sombrio da dominação e da submissão, que permeia o imaginário de todos ao se falar no fetichismo, é uma forma de misturar a decadência do gótico tradicional com o glamour do Fetish !

Ps: Desculpem ter esquecido completamente de tirar as fotos dos sapatos, mas o que importa é que finalmente saiu! Os sapatos que usei estão no vídeo que segue abaixo!


Espero que tenham gostado tanto da postagem quanto do vídeo e deixem mais sugestões nos comentários, vou amar ler e responder cada um deles!




quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Ataques de Pânico, Gatilhos Depressivos...

Coloquei imagem porque sempre me preocupo com os detalhes, não questionem!
Olá minhas Ladys e Lords...

Hoje, vir aqui me expor um pouco mais que o normal dos últimos anos, está sendo bem complicado! Há alguns meses,venho notando sentimentos e pensamentos um tanto mais complexos pra meu corpo aguentar, e isso têm resultado em muitas e muitas crises de Ansiedade, é algo que realmente detesto, a sensação é terrível, no fim das contas só sabe quem realmente tem. Para quem não sabe, tenho Transtorno de Ansiedade Generalizado, o que me incomoda demais, mas procuro falar sobre o assunto como se fosse algo normal, afinal, infelizmente, faz parte da minha vida não é?!

Recentemente andei negligenciando muitas coisas na minha vida, sem motivo aparente, mas hoje tive um ataque de pânico que não lembro de ter tido dessa forma em toda a minha vida, nem mesmo quando tive depressão pela primeira vez a quase 11 anos atrás... Não é muito legal se pegar chorando por 3 horas seguidas, simplesmente porque você está saindo de casa sozinha. Não fiquei assim nem das vezes que fui assaltada, e isso tem me deixado um tanto preocupada.

"Os ataques de pânico são mais frequentes em pessoas portadoras de transtornos de ansiedade, como a síndrome do pânico e o transtorno de ansiedade generalizada, pois o pânico pode ser compreendido como um levar a ansiedade a limites extremos. Se fizermos uma pequena reflexão, a ansiedade também está relacionada com a antecipação de eventos que irão acontecer, principalmente com a possibilidade de "resultados ruins acontecerem" com o medo das coisas darem errado. Há então uma íntima relação entre ansiedade e pânico.". (Site: Minha Vida)

Há também o fato de que não estou tendo ânimo pra fazer praticamente nada em minha vida, tirando a dança, que é algo que consegue arrancar o pouco de alegria da minha alma, nada mais. Meu noivo, depois de muita insistência tem conseguido me levar um pouco pra sair, encontrar com os amigos, me distrair, afinal ele tem visto a situação de perto, e nessas horas tenho agradecido muito aos Deuses por terem colocado ele na minha vida, e por ainda assim ser tão compreensivo!
Minha mãe, tem sido a luz no fim do meu túnel, tentando ajudar e me dar forças pra me manter de pé com todo o amor e carinho dela!

Tenho atualizado muito pouco as redes sociais, mal sinto vontade de ligar a internet do celular, nem pra conversar, nem pra postar fotos, insta, face, twitter... cada dia essas coisa tem feito menos sentido pra mim, e não estranhem se me manter um tempo afastada de tudo isso.
Pretendo continuar atualizando aqui e o canal, ou ao menos tentando, porque até aqui negligenciei também, e isso não quero mais. Estou lutando, vou procurar tratamento médico, acho que estou no meu limite de segurar tantas e tantas coisas acontecendo e formando uma bola de caos na minha vida!
Espero conseguir voltar a postar, já que ando tão parada, e gravar também pra manter o canal atualizado!

Me perdoem pelo tempo sem postar e quando volto, volto com um tapa desse. Mas preciso soltar tudo isso aqui, até pra que entendam que não faço por querer!


sexta-feira, 15 de junho de 2018

Góticos e a Androginia

Olá minhas Ladys e Lords.

Hoje o tema é um tanto polêmico, que envolve bastante o visual e até mesmo a sexualidade de membros da nossa subcultura.

Segundo o Dicionário, ANDROGINIA é:

  1. qualidade ou característica do que é andrógino.
  2. bio m.q. HERMAFRODITISMO.
O que sabemos que em prática não é exatamente isso, já que esse é um conceito arcaico e muito generalizado não é mesmo?
A pessoa que é considerada andrógina é aquela que tem características físicas, comportamentais e visuais de ambos os sexos. O que costuma ser difícil definir a que gênero a pessoa andrógina pertence apenas por sua aparência.

Anna Varney (Sopor Aeternus)
Homens que gostam da sua androginia vão gostar de usar acessórios femininos e Mulheres normalmente utilizam adereços masculinos, visando ressaltar a dualidade. O que de forma preconceituosa, costumam dizer que pessoas andróginas sejam homossexuais ou bissexuais, o que não é verdade, uma vez que a androginia ou é um caráter do comportamento e da aparência individual de sua identidade de gênero, nada tendo a ver com a orientação sexual ou ainda com atração erótica por alguém semelhante. Assim, pessoas andróginas podem se identificar como homossexuais, heterossexuais, bissexuais, assexuais ou ainda como pansexuais, de forma livre.

Boy George (Culture Club)
Dentro da Subcultura Gótica a forma de androginia mais cultuada é a masculina, ou seja, de homens que tenham características mais femininas, por isso há um certo costume, inclusive dentre os que não são, do uso de maquiagens, esmaltes, saltos, plataformas, espartilhos, saias e outros acessórios e vestimentas mais femininas. O que surgiu em forma de oposição a sociedade machista, que simplesmente recrimina  homens com essas características. Isso infelizmente também assola a nossa subcultura, é mais disfarçado de aceitação, mas também existe, como em todos os lugares!

Tudo isso, de certa forma também trás alguns problemas pra ambos os sexos, já que muitas meninas podem cair na busca desenfreada pela beleza gótica perfeita, podendo haver um padrão, assim como é encontrado na sociedade convencional, inclusive briguinhas infantis nas redes sociais para saber quem é a gótica mais caracterizada, mais bonita, mais alguma coisa que a outra.
Isso de certa forma divide a cena e acabam trazendo problemas, que não deveriam existir no meio underground, para dentro da própria cena.

Siouxsie
Como dentro da Subcultura há uma valorização do feminino, a androgenia feminina (mulheres com aparência masculina) é completamente rejeitada, já que tem essa glamorização da beleza e da extrema feminilidade, o que faz com que góticas que saiam do padrão branquinha, dos cabelos lisos e magra, sofra preconceito, não só no meio mainstream, mas também em meio alternativo. Mulheres com aparência mais forte, mais agressiva, mais gordinha, mais enraizada, acabam sofrendo pressão também dos homens da cena, pois querendo ou não há um machismo disfarçado dentro da subcultura também, onde há essa cobrança dessas características de bonecas de porcelana intocáveis, que também é uma espécie de objetificação da mulher.
Ícones como a diva, maravilhosa, Soiuxsie Sioux, brincavam com a androgenia, o que por esse motivo sua beleza nunca foi tão citada ou enaltecida na época. Hoje com uma certa evidencia do feminismo, com as mudanças na subcultura de tempos em tempos, isso veio mudando e sua força na voz, aparência e letras, tem recebido um foco muito maior.

O que falta mesmo é que as moças dentro da subcultura parem com a obsessão pela beleza extrema inalcançável, e que os homens andróginos não liguem para as críticas do resto da sociedade e vivam como querem!



terça-feira, 5 de junho de 2018

† Resumo do mês de Maio †

Olá minhas Ladys e Lords!

Estou tentando manter o blog aos trancos e barrancos, porque sempre amei escrever aqui com toda a sinceridade não quero perder esse habito de falar de coisinhas pessoais e da Subcultura aqui nessa lindeza, que eu vivia mudando mas finalmente creio que achei a interface que queria! Mas enfim... Hoje resolvi postar um pouco de como foi o meu mês de Maio, que no fim das contas foi BEM PESADO. Tinha até alguns planos de postagem, mas infelizmente não consegui!

Apresentação de Pole Dance da miga no Teatro



No comecinho do mês minha amiga foi se apresentar, linda e maravilhosa, no Teatro Deodoro, com uma coreografia de Malévola no Pole Dance, ajudei com os acessórios, fiz os chifres da Malévola e o cajado, e dei uma ajeitadinha na máscara de corvo da dupla da minha miga. Deu um certo trabalho mas as apresentações foram lindas, sem dúvida! Só ver o Vídeo da apresentação dela aqui em baixo:



Show de Metal




Aí começou a bagaceira do Mês! Fui toda empolgada pra aproveitar que ia ter umas bandas locais legaizinhas e tals, e me bateu aquela vontade louca de beber como se não houvesse amanhã... Resultado: Passei parte da noite virando vodka pura, não aproveitei quase nada do show, vomitei, encontrei algumas pessoas conhecidas completamente bêbada, pedi um carro pro lugar errado, meu noivo que me sustentou e não lembrei de muita coisa que aconteceu no outro dia! O legal mesmo foi encontrar com as pessoas que não via a bastante tempo, e resolvi algumas coisas mal entendidas!

Apresentação de Tribal Fusion


Durante as aulas de Tribal do mês passado a professora perguntou quem topava apresentar a coreografia do ano passado, e eu como adoro aproveitar as oportunidades de dançar, falei que queria, juntamente com mais alguns amigos na minha turma e mais um da outra turma. Nos apresentamos lindamente em um Workshop de Ed. Física, e apesar das tretas, tudo saiu muito lindo!

Detalhe: A Universidade é cheia de Mato, tenho pra mim que fui picada por algum mosquito da dengue lá!

Assisti DeadPool 2



Todos os meses, marco com os amigos da escola, pra gente se encontrar na casa de um, mas esse mês resolvemos fazer diferente, o encontrinho foi no cinema e especialmente pra rir, assistindo o filme do DeadPool 2. O que dizer? Foram risos do começo ao fim, fora que as conversas entre a gente são sempre hilárias. Foi muito bom!

Detalhe 2: Nesse dia comecei a sentir os sintomas da dengue. Dores no corpo e febre!

Pegue a Maldita Dengue


Então meus amores, infelizmente essa maldita me pegou de jeito. Depois do encontro com a galera voltei pra casa do meu noivo, sentindo dores no corpo e com poucos minutos a febre  baixou nesse corpo que não te pertence mais.
No dia seguinte os sintomas pioraram e começaram a aparecer as famosas placas vermelhas e dores por trás dos olhos, daí então fui pro hospital.
Minha rotina durante essa semana e a outra era ficar de cama e hospital fazendo exame e tomando remédio pra dor que estava insuportável.

Mas finalmente estou ao menos melhor! Foram 2 semanas sem vídeo no canal, mas essa semana volta tudo ao normal com vídeo na sexta-feita às 18h00.

E é isso meus amores, eu espero que vocês tenham gostado do resuminho!


Desabafo e Crises

Olá minhas Ladys e Lords... Então como vocês que ainda vem aqui dar uma olhadinha no meu blog, o que agradeço imensamente, mesmo não ...