quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Caos em forma de Sentimento



Dias absurdamente quentes, com noites lindamente tempestuosas
sem a luz do luar e apenas a forte ventania fria
que arrepia-me e traz seu toque tão distante,
e ainda assim lembrança de seu olhar tão acolhedor e compreensivo,
e ainda assim sentimentos confusos que inundam meus constantes pensamentos.

O inebriante som na brisa e o silencio que a escuridão me dá de presente, 
o acolher com braços abertos para que o caos de pensamentos surja 
e me mostre a doce trajetória de um amor longo
mas também os medos que este sentimento traz consigo
onde há dor, sofrimento, lágrimas,
em conflito constante com sorrisos e a alegria de estar ao menos perto.
Sentimento com um quê de masoquismo
o sofrimento por maior que seja torna-se pouco quando o vejo.

A música nessa sinfonia caótica noturna
torna a luz do dia algo trivial, pois eu o sinto a noite
com o som da chuva nas pedras, e ao sentir as lágrimas em meu rosto de saudade,
com os raios a tocar o chão e os trovões a pronunciar teu nome
chicoteando meus ouvidos e minha alma sedenta de você. 
Mesmo sabendo que só conheço a parte que me transparece ser e me permite enxergar,
dói ver a luz dos seus olhos por dias distante de mim!




(por: Antonielle † Lady Dark)
Fotógrafo: Dirceu Caetano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

† Ladys e Lords, os comentários são moderado, não se preocupem se não aparecer na hora. Leio sempre todos e respondo com o maior carinho ok?!

† Se puder se identifique, fico muito feliz de saber quem é!

† Comentários maldosos e desrespeitosos serão excluídos e ignorados. Se não gostar do que está lendo simplesmente se retire, não baixe o nível!

Bjinhos a todos ♥