quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Fantasmas de um ser não existente!



Ouço meu nome, chama-o novamente
Como se eu o reconhecesse ou o entendesse.
Você sabe identificar a dor que se esconde sob sorrisos ?
Só saberia , aquele o qual já sentiu as lágrimas correrem pelo coração.
Aquelas que caem pelo rosto podem ser fingidas. 
Nunca te disseram que as pessoas mentem?
Mas o ser que não existe permanece em minhas lembranças
Das quais não vivi, nem mesmo se eu voltasse aquela infância.

Um fantasma de ilusões canta suas melhores melodias
Triste e belas que me tocam no mais profundo de minhas agonias.
E que me puxam para um oceano de memórias.
Fazendo-me perder em meios aos caos de uma mente sem histórias.

Fantasmas de um ser não existente. 
O que não existe sou eu.
E os fantasmas são os pedaços de mim que ainda caminham por aí.
Vagando pelas ruas, olhando a vida alheia
E vendo como são, vejo que eles se escondem atrás da máscara.
Trazendo mentiras e sofrimento.
Por isso, prefiro a não existência de um olhar.
A todos aqueles sorrisos que são apenas para ilusionar.

by: Francielle Mayce 

((Orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=11698049321141990991 ))

Nenhum comentário:

Postar um comentário

† Ladys e Lords, os comentários são moderado, não se preocupem se não aparecer na hora. Leio sempre todos e respondo com o maior carinho ok?!

† Se puder se identifique, fico muito feliz de saber quem é!

† Comentários maldosos e desrespeitosos serão excluídos e ignorados. Se não gostar do que está lendo simplesmente se retire, não baixe o nível!

Bjinhos a todos ♥