domingo, 31 de janeiro de 2016

[B-S/A] Não me diga para...

Olá minhas Ladys e Lords, o Blogueiras S/A voltou de férias com projeitinhos novos e esse é o nosso primeiro do ano. O projeto consiste no seguinte: quem já ouviu uma vez ou outra que ''não pode usar isso'', ''não pode pintar o cabelo assim'', ' que você deveria se comportar de forma x''- assim muitas vezes ab-indicamos da nossa personalidade/estima, para agradar e respeitar uma determinada pessoa ou grupo. Não querendo assim entrar em conflito.




Pensando nisso nasceu o projeto "Não me diga para...'' onde você pode ilustrar uma situação com uma foto sua (ou não),onde dá a resposta e explica o porque dela, ou seja,mostrando para si mesma e para os outros que nem sempre devemos ceder,abrir mão de nós mesmos, para se encaixar em um padrão estético/comportamental.Não devemos nos calar diante de tanta falta de respeito conosco,seja dentro ou fora do nosso grupo de convívio.
Ao final deixe uma mensagem para quem estiver lendo,que esta mensagem traga a tona sua experiência de descoberta e auto-respeito.E que assim ajude alguém a superar tantas coisas,caso esteja nesse processo de auto-descoberta conte como está sendo,estimule as pessoas a começarem tal iniciativa.

Bom gente, muitas pessoa antigamente vinham me dizer que eu nunca conseguiria emprego ou estágio com o cabelo colorido já que era algo muito estranho fazer atendimento ao publico de cabelo roxo, que na época era uma sonho que tinha. Na adolescência então comecei a pintar o cabelo: vermelho, laranja, azul, roxo, verde... tive todas essas cores por que amava! Mas a escola acabou e começou a fase da faculdade, onde muita gente chegou pra me dizer que o curso de direito não era pra mim por causa do meu jeito um tanto "exótico demais" pra eles. Muitos chegaram a dizer que jamais conseguiria terminar a faculdade. Bom eu  continuei e ignorei.


Depois de alguns períodos chegou a hora de estagiar e por incrível que pareça muita gente quebrou a cara quando consegui um estágio, com o CABELO ROXO, numa SECRETARIA ESTADUAL, coisa que é um tanto difícil, mas com toda a minha excentricidade eu consegui, mas ainda assim por esse fato sempre vinha algum funcionário efetivo soltar uma piadinha ou outra, é algo chato e vergonhoso, por você já passa por uma dificuldade enorme, ainda mais quando se é mulher, e seu padrão de beleza corporal é considerado inaceitável! Por que cá entre nós, sabemos que muitas empresas levam mais em consideração a aparência do que sua qualificação para aquele determinado cargo. 
No momento não tenho mais o cabelo roxão como antes mais continuo pintando o cabelo como me vem na telha e continuo na mesma secretaria, mesmo meu estágio tento acabado ganhei uma bolsa de pesquisadora por um outro órgão pra continuar lá e com isso fiz muita gente calar a boca e ficar de queixo caído. E ressaltando que nunca tive nenhum conhecimento específico de alguém de cargo alto, muito menos família la dentro pra conseguir, pois alguns já me acusaram de ser "peixada", como chamam aqui. mas não.

Foto antiga de como ia pra escola!
Fora esse caso muita gente dizia pra mim, também, que eu me "enfeiava" quando usava minhas maquiagens "pesadas" e ainda saia toda de preto, preconceito na rua por esses fatores eu sempre sofri, cheguei até mesmo a ser exorcizada por uma senhorinha evangélica que passava pela mesma calçada. É algo tão surreal e absurdo que muita gente não enxerga o que tem por trás de toda a maquiagem e roupa preta, não enxerga que há uma uma ser vivo da mesma espécie, que é apenas diferente, com gostos diferentes, com ideologias, pensamentos, estilo e até uma visão diferente do mundo!. Infelizmente pra trabalhar isso não é algo possível e desse pequeno prazer foi preciso me privar, pois uma vez cheguei lá com um batom roxo praticamente virei piada, mas continuo saindo com minhas maquiagens, do meu jeito sempre que possível, num show, numa festa, em locais mais reservados onde eu possa me libertar de verdade.

Bom gente é isso, na verdade quis passar que você no fim das contas vai ter que abdicar de algumas coisa de vez em quando. Que sim, vai te fazer mal, e outras você não vai precisar dependendo de como mostrar sua competência e caráter! Sim eu sei que muita gente vai dizer que meu caso é um caso raro, mas não é impossível. Tive que abdicar de algumas coisas como estar sempre me vestindo como gosto ou me maquiando como gosto de verdade, mas infelizmente é a realidade da nossa sociedade: PRECONCEITO! 
Espero que tenham gostado da minha visão!

Confiram as postagens das outras participantes (conforme atualizações):




6 comentários:

  1. É tenso, esse tipo de coisa não entra na minha cabeça. Porque caralhos uma empresa independente da área, tem sempre que prezar mais pela aparência de um funcionário, do que pelo seu desempenho? Eu já deixei de conseguir vários serviços, simplesmente porque sou gorda. Isso é terrível!!
    Você deu muuuuuuita sorte de conseguir um trampo que te aceite com seu estilo diferente.
    E sobre as piadinhas e gracinhas, é exatamente isso, tem que ignorar esse tipo de coisa, deixar que falem. Não há porque se importar!!
    Continue sendo você mesma, ser feliz é o que importa!! ;)
    Beijão.

    www.creepybeauty.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por visitar Suh! Olha também não entra na minha cabeça essa de ser definido como apropriado por um emprego pela aparência, mas é a realidade infeliz da nossa sociedade. Sobre o corpo sei bem como é, mas não cheguei a ter essa experiencia desagradável de não ser aceita em emprego por causa dele, mas muitas piadinhas como: "Vamos tomar café logo que a máquina de comer chegou."; ou quando simplesmente acabava alguma coisa de comida na copa, "Foi a Antonielle que acabou com toda a comida do setor."; quando nem mesmo chegava a tomar café lá! Dói ouvir esse tipo de coisa, mas fazia questão de não demonstrar pra dar o gostinho a eles, daí passei a revidar. Hoje sou chamada de neta do Seu Lunga (por ser grossa)... Mas é assim, vamos vivendo a nossa forma e ignorando esse tipo de gente mal caráter. Beijão linda e continue sendo você mesma também! :*

      Excluir
  2. Se eu te falar que aqui,apesar da região metropolitana ser grande,ser interiorana e muito conservadora,as pessoas com as profissões mais tradicionais (engenharia civil,advogado,professor), fora de suas mesas de trabalho,são fora do padrão estético?É engraçado como muitos medem a capacidade de alguém,pela roupa que veste ou até mesmo pela crença que carrega.E falo-te que muitos deles são ótimos profissionais, e isso se deve ao simples fato de ter que provar duplamente a que veio nesse mundo,que é uma profissional além da aparência.É um problema recorrente?É,mas aos poucos muitos de nós estamos mostrando que somos capazes!Assim como você o fez :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Marcela, felizmente aos poucos isso vem mudando, mas a realidade é que 90% da sociedade não enxerga sua competência pelo seu curriculum e por sua capacidade, mesmo que a demonstre. O projeto veio muito bem a calhar, pois tornou-se uma espécie de desabafo para as demais participantes!

      Excluir
  3. Como você é linda cara. O ser humano é cruel e sempre acha alguma forma de subir nas costas dos outros pra se sentir melhor. Ainda bem que você tem coragem de ser quem você realmente é! Fico muito feliz pelo seu emprego e por terem te aceitado lá mesmo com o cabelo colorido!
    www.rumorandhorror.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk Obrigada pelo linda, fico sem jeito com esse tipo de elogio mas agradeço! E sim a humanidade é cruel em quase todos os aspectos como forma de se sentir superior, mas é tocar a bola pra frente e seguir vivendo da melhor forma possível!
      Obrigada por visitar fofa :*

      Excluir

† Ladys e Lords, os comentários são moderado, não se preocupem se não aparecer na hora. Leio sempre todos e respondo com o maior carinho ok?!

† Se puder se identifique, fico muito feliz de saber quem é!

† Comentários maldosos e desrespeitosos serão excluídos e ignorados. Se não gostar do que está lendo simplesmente se retire, não baixe o nível!

Bjinhos a todos ♥