terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Pobre Criatura


Pobre Criatura

A insanidade e a loucura tomam conta da alma de uma pobre criatura
Que sente prazer em ver lágrimas rolarem
Traçando um caminho solitário em sua vida
Onde a solidão trás a sua verdadeira face
Causando distúrbios em uma mente vazia

Denegrindo sua imagem
Sempre destorcida perante a luz
Sem ninguém para ajudar
Sem ninguém para recorrer

Pobre criatura solitária...
Faz de sua vida destruída um martírio
Tentando concerta-la a visão dos leigos

Pobre criatura das sombras...
Conformada com uma vida que jamais mudará

Apesar da multidão a sua volta
Es criatura solitária...
Multidão?
São apenas corpos vazios
Sem sentimentos, sem coração.

Es criatura obscura
Es solitária
Assim nascestes e assim sempre serás
Esta é tua sina
Este é teu destino e tua maldição


by:Lady Dark † Antonielle (eu)

2 comentários:

  1. universo eterio e brumoso, de sensaçoes evanescentes que o poeta deve reproduzir atravez da palavra escrita, se r que existem palavras para exprimilas-las.

    ResponderExcluir
  2. +++ valeu pela mensagem adorei. bjs. +++

    ResponderExcluir

† Ladys e Lords, os comentários são moderado, não se preocupem se não aparecer na hora. Leio sempre todos e respondo com o maior carinho ok?!

† Se puder se identifique, fico muito feliz de saber quem é!

† Comentários maldosos e desrespeitosos serão excluídos e ignorados. Se não gostar do que está lendo simplesmente se retire, não baixe o nível!

Bjinhos a todos ♥